Arquivos para posts com tag: blog

Exatamente isso amigos. WordPress free foi ótimo enquanto pude aprender a usá-lo, mas já faz algum tempo que tenho meu próprio site e não disponibiliza como blog, apenas exibia as formas de contato e portfólio. Agradeço a todos que visitaram o blog nem que tenha sido por uma única vez e fico lisonjeado pelos que tiveram paciência em voltar. Pois bem, agora o endereço que vocês devem aparecer é esse:

www.itallovictor.com

Pra quem quiser primeiro ler sobre o que falo pode seguir no twitter: @itallo

Anúncios

A vontade de passar por aqui diariamente existe sim, há mais de um mês que apareci por aqui mostrei mais um dia bacana.

Tava com vontade de falar como foi o carnaval, mas esse dispensa comentários. Foi o melhor que já passei, em Recife/PE. E olha que não sou um fã da folia, mas me diverti muito.

Tô pensando na pauta frequente do blog, mas muito que me interessava escrever aqui foi parar aqui. Aguardo a visita de vocês lá com maior frequência e gostaria que não esquecessem de sempre bater nessa porta, sempre estará aberta.

É com grande prazer que venho informá-los de um projeto que tem me surpreendido pela receptividade positiva em tão pouco tempo, para ser exato menos de 7 dias, o Twistters, não apenas um blog, mas um espaço onde poderá ser visto como roteador de diversos assuntos e termos que são visíveis no cotidiano de consumidores que principalmente produzem opiniões a cerca do seu produto, marca, banda, filme, peça ou qualquer que seja a sua preferência e o que é melhor, vários colegas terão espaço para tratarem do assunto que mais o interessarem.

E aproveito a oportunidade para agradecer a todos os envolvidos diretamente e aos amigos que estão por perto participando do processo mesmo que indiretamente nos criticando, opinando ou mesmo colaborando para divulgar a ideia.

E pra quem ainda não conferiu, clica aqui. Dá uma sacada no blog em fase beta e já aperta o play no podcast do twistters – #Pronto, falei!

blog

Essa foi a pergunta que um amigo fez enquanto falávamos sobre oportunidades profissionais. Ainda afirmou que o motivo da pergunta foi gerada devido uma matéria de um blogueiro no qual ele assistiu em que o entrevistado afirmava que seu blog valia mais de 100 mil reais. Os olhos do telespectador arregalou.

Me perguntou várias coisas a respeito e tentei responder do pouco que conheço e da maneira mais clara, que não é fácil ter visibilidade como esse blog da matéria teve e o cenário no qual esse blog obteve o resultado financeiro esperado.

Tantas as formas de desenvolver projetos rentáveis através da internet, mas percebo que a inclusão digital fornecida pelas lan-houses fabricam estereótipos viciados em orkut’s e assíduos jogadores on-line que não ouvem falar de termos que gerem alguma receita.

Alguém aí tem interesse em se juntar a um projeto colaborativo a respeito?

semanaceut

A coordenação do Curso de Comunicação Social e a Inove Agência Júnior do Centro de Ensino Unificado de Teresina – CEUT promovem de 11 a 13 de novembro, na sede da Faculdade, a Semana de Comunicação.

O evento abrangerá na sua programação palestras, filmes, exposições, shows, oficinas e grupos de discussão (GDs). Os participantes destes dois últimos, mediante comprovação por assinatura nas listas de freqüência, concorrerão ao sorteio de um curso de espanhol, de duas semanas, em Buenos Aires, com hospedagem e passagens doadas pelo patrocinador da Semana de Comunicação, a empresa Embarque Educacional.

A abertura contará com a presença de Rafael Cortez, repórter CQC, que bate um papo sobre carreira, desafios e aventuras jornalísticas no universo jovem. A Semana de Comunicação também conta com um Concurso de Fotografia.

E dia 12, quarta-feira, convido a todos, onde irei, juntamente com @igordrey, @thiagoemerito, @caironoleto debater sobre Mídias Alternativas, desde a web 1.0 até mobile e mídia digital indoor, passando por novos meios de abordagem do target com foco em web 2.0 e toda sua composição, blogs, redes sociais, filosofia do Faça Você Mesmo, marketing viral e como monetizar sua audiência. O horário da mesa-redonda é de 17às19h.

Confira a programação completa do evento aqui.

P.S: Agradeço desde já a colaboração e presença em todas as reuniões e extra-reuniões da @anacereza no processo do trabalho.

Fonte: Assessoria CEUT
Editado: @itallo

Sabe aquela vontade de abraçar o mundo com os olhos? Sim, por que os braços e pernas já estão sendo usados faz tempo e não há como atribuir idéias para consolidarmos um grupo determinado e muito menos organizá-las por que a informação é muito rápida. E enquanto escrevo esse texto a verdade é que o mesmo já é defasado e a forma de verificar aquela informação ou adquiri-la é longa, então lá vamos nós realizarmos todo um processo de composição de informação.

Começaremos uma nova busca, pesquisaremos referências bibliográficas, clicaremos numa infinidade de links, selecionaremos dezenas de textos, salvaremos centenas de imagens, vasculharemos nossos bookmarks, ufa, tanta atividade apenas para provocar o LER precoce. Após fazer toda essa parte burocrática e não temos à disposição um gerente de arquivos ou uma biblioteconomista, e aí bate um cansaço, uma falta de disposição, vulgarmente chamada de preguiça e ao olhar pra tudo aquilo esquecendo todo o processo construtivo lembramos que os sites favoritos, twitters, blogs e comunidades que você acompanha já foram atualizados e você precisa correr pra não ficar baleiando*.

É, a vida de #nerdpower #blogueiro #entusiasta que vem sendo tratada de forma mutante, literalmente, são transformações, evoluções, idéias que ‘viralizam’, conteúdo relevante ou não na sua maioria que ganha publicação e a verdade é que se torna cada vez mais difícil um texto novo ganhar destaque, não sendo o bastante e para não ficar atrás com uma missão quase impossível ainda existem os que já conquistaram seu espaço e lutam fervorosamente para se manterem lá, mesmo que não tenham um espaço na sombra com regalias e reconhecimento do público estarão faminto por novidades e por uma boa dose de interação.

 

*baleiar – vem de baleia, devido ao seu peso, acredito eu, teoricamente esse animal foi escolhido para representar que as coisas andam devagar, no limite, não muito suficiente para acompanhar o que acontece, o que pode significar também que ele representa algo que não está atualizado.
Fonte: Itallopedia (visão pessoal)