Passamos o ano inteiro estudando, trabalhando, nos aperfeiçoando para chegar no final deste, ouvir a voz do capitão Nascimento: – Pede pra sair!

O cansaço bate, o cérebro retrai, as ideias fogem e a concentração entra em curto. Não é a toa que as festas ocorrem nesse fim de período e as férias vem logo mais, ou teoricamente, servem para vir após esse ponto de extravasar as últimas energias . Como o cidadão nunca está satisfeito, começa suas promessas, planejar novos cursos, por em prática alguns em andamento, ir ao médico e no final das contas já se encontra no velho ritmo do cotidiano.

Tive olhando a agenda de 2009 e os objetivos listados foram alcançados, mesmo que a compra de um simples ferro elétrico para roupas tenha sido citado, fazer o que, sou bem simples. Em 2010, vou começar a anotar no meu caderninho tudo isso que sempre pensamos e acabamos fazendo, ou tentando realizar e adquirir.

Anúncios