Não confunda em já ter se dedicado na realização de alguma tarefa. A intenção tratada é se você já deixou algum objeto em algum estabelecimento por não ter pago a conta, se já lavou pratos ou se já foi rejeitado por não ter a condição de pagamento que o estabelecimento aceitasse, não pequem em suas mentes, quero dizer se tinha Visa e só aceitavam Master. =P

Então, umas duas vezes já me peguei sem nenhum centavo no bolso, literalmente, infelizmente isso é inversamente proporcional à vontade de comer, sim, a fome é um problema e tanto.

Numa noite em que precisava fazer um traslado de passageiros às 0h procurei algum estabelecimento aberto, mas no caminho do aeroporto não vi nenhum que aceitasse cartão de crédito/débito, estava sem dinheiro em espécie na carteira, mas eis que estala nessa humilde massa cefálica a maneira de pagar o lanche com os últimos 8 vale-transporte disponíveis na carteira. Por que não usá-los, pensei.

Foi aí que o negócio começou a desandar, ao perguntar para o balconista do trailer de sanduíches se ele aceitava, talvez, a mais nova forma de pagamento a ser utilizada ali, o mesmo disse que só o responsável poderia dar a resposta, então foi chamá-la.

Senhora responsável do trailer: Oi, o que era mesmo? – um mar de boa vontade
Eu: Olá, boa noite, é que aqui não aceita cartão e não tenho dinheiro em espécie na carteira e desejaria saber se a senhora aceita vale-transporte em troca de um lanche, um hamburguer com refrigerante, tenho 8 vales, acredito que o valor seja superior do lanche.
Senhora responsável do trailer nada comerciante: Não usamos vales.
Eu: Mas você pode aceitar e vender na banquinha amanhã.
Senhora responsável do trailer nada comerciante e muito grossa: Mas vale não serve pra nós, já disse.
Eu: Mesmo eu vendendo mais barato para você, assim você ganha em cima do lanche e do vale quando for revender.
Senhora responsável do trailer nada comerciante e muito grossa anta ao extremo: Mesmo assim não serve.
Eu: Tudo bem.

Aborrecido, decepcionado e com fome, me dirigi ao carro pensando em como as pessoas não sabem conversar e negociar, no caso, a vantagem era toda do estabelecimento, pois não iria perder um centavo. E com certeza teria ganho um cliente. Agora mesmo me lembrei de uma outra oportunidade em que passei um perrengue desses, mas vou deixar para uma outra vez, já fui humilhado demais por hoje. =P

Anúncios