Sabe aquela vontade de abraçar o mundo com os olhos? Sim, por que os braços e pernas já estão sendo usados faz tempo e não há como atribuir idéias para consolidarmos um grupo determinado e muito menos organizá-las por que a informação é muito rápida. E enquanto escrevo esse texto a verdade é que o mesmo já é defasado e a forma de verificar aquela informação ou adquiri-la é longa, então lá vamos nós realizarmos todo um processo de composição de informação.

Começaremos uma nova busca, pesquisaremos referências bibliográficas, clicaremos numa infinidade de links, selecionaremos dezenas de textos, salvaremos centenas de imagens, vasculharemos nossos bookmarks, ufa, tanta atividade apenas para provocar o LER precoce. Após fazer toda essa parte burocrática e não temos à disposição um gerente de arquivos ou uma biblioteconomista, e aí bate um cansaço, uma falta de disposição, vulgarmente chamada de preguiça e ao olhar pra tudo aquilo esquecendo todo o processo construtivo lembramos que os sites favoritos, twitters, blogs e comunidades que você acompanha já foram atualizados e você precisa correr pra não ficar baleiando*.

É, a vida de #nerdpower #blogueiro #entusiasta que vem sendo tratada de forma mutante, literalmente, são transformações, evoluções, idéias que ‘viralizam’, conteúdo relevante ou não na sua maioria que ganha publicação e a verdade é que se torna cada vez mais difícil um texto novo ganhar destaque, não sendo o bastante e para não ficar atrás com uma missão quase impossível ainda existem os que já conquistaram seu espaço e lutam fervorosamente para se manterem lá, mesmo que não tenham um espaço na sombra com regalias e reconhecimento do público estarão faminto por novidades e por uma boa dose de interação.

 

*baleiar – vem de baleia, devido ao seu peso, acredito eu, teoricamente esse animal foi escolhido para representar que as coisas andam devagar, no limite, não muito suficiente para acompanhar o que acontece, o que pode significar também que ele representa algo que não está atualizado.
Fonte: Itallopedia (visão pessoal)

Anúncios